floresta do saber logo

O Guaflo e a Saflo
Mascotes principais do Floresta do Saber

guaflo

O amor pela floresta une gerações diferentes e traz momentos únicos de aprendizagem e tranquilidade importantes para as gerações mais novas, mas também para as mais velhas. Os irmãos Bernardo e Manuel Salvador Monteiro Maio e a avó Helena Monteiro são prova disso. A avó Helena desde sempre manifestou grande interesse pelo estudo dos ecossistemas, tendo-se envolvido em várias iniciativas e projetos relacionados com a floresta e ambiente, ao longo da sua carreira de docente. Transmitiu essa sua paixão pela floresta aos netos e juntos vivem-na e inspiram-se nela no dia-a-dia.

O Manuel, com 6 anos, adora colecionar folhas de plantas, distingue-as pela forma e cor: vermelhas, amarelas, verdes, em forma de coração (cordiformes), de lança (lanceoladas), circulares… Junta-lhe pequenas infrutescências, fazendo raminhos e gosta de secar nos livros da biblioteca dos avós, para fazer herbários. Quando crescer quer ser professor e ter uma quinta para plantar muitas árvores. O Bernardo, com 9 anos, é apaixonado desde sempre pela Ciência e pela Tecnologia. É interessado pelas questões ambientais, adora usufruir dos benefícios da floresta e considera-se seu defensor e, por isso, gosta de estar a par de todas as leis que governam os países, para ter sempre o argumento certo, no debate dos temas da atualidade. Quando for grande quer ser médico pediatra e cientista. Falámos com o Bernardo e o Manuel e estamos encantados com a forma como eles e a sua avó, apaixonados pela floresta, a vivem e capitalizam o que ela nos dá para distribuir amor por aqueles que lhes são queridos.

guaflo saflo

Em que é que se inspiraram para chegar a estas mascotes e quais os conceitos associados a estas mascotes?

Bernardo – o Guaflo foi inspirado numa das minhas Skins preferidas de uma personagem de um videojogo, chamado Guarda-Moitas, vestido com elementos ligados à floresta. Tinha de ser um super-herói forte, defensor da floresta e da sua biodiversidade, mas também simpático! É uma árvore, viçosa e corpulenta, simpática com passarinhos nos seus ramos, tem as raízes pilosas e umas botas ao género dos Três Mosqueteiros.

Manuel – a Saflo foi inspirada no meu livro favorito das fábulas de La Fontaine e nos sapinhos do lago da floresta encantada. A construção desta personagem derivou do contacto próximo que mantemos com a floresta, sobretudo com os caminhos encantados que percorremos com a avó. A Saflo (é a Sábia da Floresta) representa os vários níveis de conhecimento científico e tecnológico, existentes numa floresta. Tem o rosto de sapinha, uma bata de cientista, cabelo despenteado e com ondinhas, uns pés de folhas e nas mãos tubos de ensaio. É a grande inventora dos mais inovadores bioprodutos da floresta e tem um laboratório na Floresta do Saber.

O que significa, para ambos, ver as mascotes Guaflo e Saflo selecionadas para um projeto relacionado com a Floresta e serem os seus primeiros embaixadores?

Ficámos encantados com a seleção dos nossos trabalhos que foram feitos em conjunto com a nossa avó. Estamos lisonjeados por sermos embaixadores de um projeto com uma missão de grande impacto na nossa geração e de grande visibilidade nacional. Ficamos ainda mais felizes quando soubemos que vamos dar voz ao filme de apresentação do Floresta do Saber e já deixámos os nossos amigos curiosos, na escola, onde partilhamos a novidade. Todos querem visitar a encantada Floresta do Saber!

O que gostariam de encontrar neste projeto quando o visitarem pela primeira vez?

Bernardo: Gostaria de ver as mascotes a três dimensões situadas numa área principal da Floresta do Saber. Sugiro a criação de um Hino da Floresta do Saber, acompanhado de música que transmita as mensagens cruciais deste projeto.

Manuel: Vou gostar de ver o laboratório da cientista/sábia Saflo, espero poder manusear o material do laboratório, e realizar pequenas experiências químicas. Espero poder fazer a caça aos tesourinhos da Floresta do Saber e encontrar uma barraquinha com rebuçados feitos do mel do pólen das flores da Floresta do Saber, enquanto ouço uma história.

O Bernardo e o Manuel estudam na escola EB1 dos Carapelhos, no Agrupamento de Escolas de Mira. Os irmãos Maio contaram com o vasto conhecimento sobre a floresta da avó para idealizarem estes super guardiões da Biodiversidade e do Conhecimento da floresta.